24 fevereiro 2012

Tarte tatin de maçã. aromática...

Há sabores que não se esquecem e que se recordam sempre quando se fala num dos seus ingredientes. Neste caso, maçã. E é por demais evidente a minha paixão por bolos de maçã. Mas não me perguntem porquê. Não é sequer um sabor de infância, não me lembro de alguma vez a minha mãe, avó ou tia fazer um bolo de maçã.

As receitas de outros bolos de maçã vão-se acumulando mas são raras as que saem do papel. Se me apetece bolo de maçã faço quase sempre o(s) mesmo(s). Especialmente o último aqui publicado que tanto me surpreendeu. Hoje, ao preparar a tatin para o projecto Dorie às Sextas, lembrei-me novamente dele. E enquanto a manteiga derretia ao lume o olfacto da minha memória rapidamente me levou à garrafa de rum e ao extrato de baunilha. O caramelo borbulhava num aroma tão intenso que contei todos os minutos para a tirar do forno e a provar ainda quente. Não me enganei. Ficou absolutamente deliciosa! (ou não tivesse a inspiração vindo também da Dorie..)
Segue abaixo a receita original com as alterações que fiz entre ().

Photobucket
   

Tarte tatin de maçã aromática

Ingredientes:

1 embalagem de massa folhada fresca (usei caseira que fiz no dia anterior*)
6 maçãs médias (ou 8 pequenas), doces mas firmes (usei 2 maçãs reinetas médias)
110g de manteiga (coloquei 70g)
¾ medida de açúcar (coloquei 80g)

Ingredientes extra à receita:

1 colher de sopa de rum escuro
½ colher chá extracto de baunilha caseiro
1 colher café de canela

Pré-aqueça o forno a 190º. Descasque as maçãs e corte-as em meias luas não muito grossas (cerca de 1 cm de espessura). Reserve.
Numa frigideira grande que possa ir ao forno coloque a manteiga e leve ao lume a derreter. Incline a frigideira de forma a que a manteiga unte as laterais, sensivelmente até meio. Retire do lume e polvilhe com o açúcar uniformemente. Junte o rum, a baunilha e a canela e mexa com uma espátula para ficar bem incorporado.
Disponha as maçãs na frigideira formando um círculo, sobrepondo-as ligeiramente já que as maçãs vão encolher com a cozedura.
Leve novamente ao lume até que o açúcar caramelize (cerca de 10-15 minutos). Vigie a frigideira para evitar que o caramelo queime. Assim que se apresentar uma cor dourada escura retire do lume.
Estenda a massa folhada e forma um circulo com um diâmetro ligeiramente maior (2 dedos) que o da frigideira. Faça um pequeno rebordo (1 dedo).
Centre a massa folhada sobre as maçãs. Aconchegue as laterais enrolando a massa para dentro com ajuda de um cabo de uma colher.

Leve ao forno até a massa dourar, cerca de 15 minutos.
Retire do forno e vire rapidamente a tarte sobre um prato de servir. Espalhe o caramelo que ficar na frigideira sobre a tarte e deixar arrefecer um pouco antes de servir.

 
* Fiz a massa folhada baseada nesta receita do Gordon Ramsay. Diminui a quantidade de água e dobrei-a quatro vezes como explicado neste post da Cláudia.
Photobucket

Notas:

- Pelo tamanho da frigideira que usei - 24cm – e pela forma como cortei e dispus as maçãs, duas maçãs chegaram perfeitamente;

- Usei maçãs reinetas não muito maduras, reduzi bastante no açúcar e achei que ficou no ponto. Se usar maçãs mais doces tenha atenção à quantidade de açúcar que colocar.

- Se as maçãs ficarem desarranjadas quando virar a tarte ajeite-as com uma faca. Se ficar alguma colada retire-a com cuidado e ajeite-a na tarte.



Dica:
- Sirva-a morna com uma bola de gelado de baunilha.

30 comentários:

  1. Muito bonita esta trate pommes tatin, uma verdadeira dleicia amiga, parabens!

    bjs

    ResponderEliminar
  2. Perfeita! Imagino os aromas e como tenho a mesma paixão que tu por bolos de maçã, tenho que resgatar essa receita, que está na calha, mas demora a sair :)
    Beijinho grande para todos

    ResponderEliminar
  3. Linda, bonitas fotos e deve estar deliciosa com os aromas que lhe juntaste.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Que maravilha, que linda e que aromática que deve ficar com o rum.

    ResponderEliminar
  5. Estou cheia de vontade de ficar com uma fatia!! :)
    Ficou mesmo bonita.

    ResponderEliminar
  6. Acho que vai ser hoje o acompanhamento para um café ao fim de jantar lá em casa!
    Obrigada e bom fim de semana!
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Que fotos lindas! Uma maravilha com as alterações feitas. O rum, a baunilha e a canela tornam-na bem mais especial. E esse teu bolo de maçã anda em lista de espera para ser feito. Como tu adoro bolos de maçã, embora acabe muitas vezes por fazer sempre o mesmo. Corajosa, fizeste a massa! Parabéns.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Hmmm, as sextas estão bem melhores desde que começou este projecto da Dorie... adoro rum, esta tarte deve ter ficado realmente saborosa (pelo menos os aspecto assim o diz).

    ResponderEliminar
  9. Nunca experimentei esta tarte e depois de ver as fotos fiquei com a curiosidade aguçada.As maçãs reinetas são também as que elejo para as tartes ou para simplesmente assá-las. O rum e a baunilha atribuiem ùma subtileza deliciosa à tarte.
    Gostei muito.
    Beijinhos
    Patrícia (cozinheira do receitas ao desafio e do foodwithameaning)

    ResponderEliminar
  10. Adorei a adição de ingredientes e a redução da quantidade de manteiga e açúcar. Deve ter ficado tão bom...

    Beijos!

    ResponderEliminar
  11. Margarida, juro que fiquei mesmo agradada com a tua tarte. Quer a altura da massa, quer a cor da maçã, quer os ingredientes usados, foram simplesmente divinais.
    Quanto à foto, nem consigo comentá-la pois nem conseguirei estar à altura.
    Muitos parabéns.
    Beijinhos da Maria

    ResponderEliminar
  12. De todas as que vi esta encheu me as medidas!!!

    Bjokas
    Rita

    ResponderEliminar
  13. ESTA FANTÁSTICA, ESSA FATIA APETECE DAR UMA DENTADA.
    BOM FIM DE SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  14. Gostei muito da tua versão "para adultos" da tarte tatin. O rum com a canela deve-lhe dar graça...
    Babette

    ResponderEliminar
  15. Já eu faço muitos bolos de maçã e, quase sempre, diferentes :) Esta é uma daquelas receitas que quero fazer há muito tempo, e só não faço, porque ainda não comprei uma frigideira que possa ir ao forno.

    ResponderEliminar
  16. Olá Margarida,
    Eu também adoro tudo que leva maçã... Com canela então... O aroma fica IRRESISTÍVEL!!! Consigo até imaginar o aroma dessa sua tarte.
    Que tortura, amiga!!! Nem jantei ainda... Quase comi a foto...
    Parabéns pela tarte e pelas lindas fotos.
    Grande beijo, Irene

    ResponderEliminar
  17. Ficou linda (eu também só usei 4 maças - utilizei Granny Smith).
    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  18. Olá Margarida,

    ficou com ar delicioso.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  19. é interessante ver como a mesma receita, de blog para blog, vai sofrendo ligeiras alterações.
    qualquer uma das versões que vi deve ter ficado deliciosa.

    ResponderEliminar
  20. que delicia.. ficou lindo mesmo! Uma verdadeira tentação.. um beijo

    ResponderEliminar
  21. Com uma massa caseira, fica ainda melhor. Adorei

    ResponderEliminar
  22. Deve ter ficado realmente maravilhosa e super aromática! Com massa folhada caseira então, deve ter feito as delícias de quem a comeu. Beijinhos e bom domingo!

    ResponderEliminar
  23. humm parece maravilhosa e muito apetitosa...

    ResponderEliminar
  24. que delicia de blog e de tarte :)

    bj
    http://ladyaofogao.blogspot.com

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!
Thank you for your comment!