02 maio 2012

Carne espiritual. Da Susana.

Quem é mãe sabe como é importante a criatividade e imaginação nas refeições do dia-a-dia dos pequenos. Mesmo que comam bem (como era o caso dela...) um dia chega aquela fase do não gosto disto, não gosto daquilo.. A visão faz imediato reconhecimento do prato assim que ele chega à mesa e procede-se à seleção pelas cores. No caso dela, verdes, vermelhos e laranja são encostados ao lado. A não ser que sejam dissimulados no meio de outros alimentos ou processados em sopa.

Por isso tento inovar na preparação dos pratos habituais usando alguma criatividade na introdução dos alimentos menos apetecidos. Recorri a esta receita da Susana para usar um resto de frango assado. Foi  à mesa com uma salada de alface e passou. Com distinção!

Photobucket

Carne espiritual
receita ligeiramente adaptada do livro Velocidade Colher, da Susana Gomes


Ingredientes:
400 gr batata vermelha descascada e cortada em cubos
200 gr de cenoura descascada e cortada em pedaços
leite q.b.
sal e pimenta preta moida na hora q.b.
noz moscada q.b.
1 cebola
2 dentes de alho
25 gr de azeite
400 gr de carne picada (usei frango de churrasco desfiado)
100 gr de cogumelos frescos cortados em quartos
120 gr de pão (coloquei 90g)
1 colher de sopa de salsa picada (extra à receita)
maionese q.b. (omiti)
queijo ralado q.b.


(b): Coloque a cenoura e a batata no copo. Junte 200g de leite e cozinhe 30min/90º/vel1.
Tempere com sal, pimenta e noz moscada e triture 20seg/vel4. Retire e reserve. Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Coloque a cebola, o alho e o azeite no copo limpo e pique 5seg/vel5. Refogue 5min/Varoma/vel1.
Junte a carne e os cogumelos e cozinhe 6 min/100º/vel1.
Adicione o pão embebido em leite quente e programe 1min/100º/inversa/vel2.
Junte a carne ao puré e envolva bem.
Coloque num tabuleiro, cubra com uma camada fina de maionese e polvilhe com queijo. Leve ao forno durante cerca de 30min.

16 comentários:

  1. Margarida essa receita também está marcada para eu fazer.
    E assim se engana as crianças e muitas vezes os adultos. ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ficou uma refeição mt apetitosa, adorei!

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Deve ser bom vou exprerimentar. Obrigada!

    ResponderEliminar
  4. Ficou perfeito, adorei o aspeto deste prato!

    ResponderEliminar
  5. Andamos em sintonia Margarida, também fiz esta receita esta prestes a sair no meu blog :) Fica uma delícia.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Ser mãe, é também , ser um pouco ilusionista...e se no final da refeição, conseguirmos um prato vazio e um sorriso, ficamos com a sensação de missão cumprida;)
    Tenho que experimentar este prato, é uma boa sugestão utilizar o frango cozinhado e desfiado.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Perfeita, adorei a imagem e a receita! beijos

    ResponderEliminar
  8. Há que ser criativo e original quando temos crianças.
    Não é difícil agradar, basta puxar um pouco pela imaginação.
    E a receita da Susana passou com distinção. Muito boa :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Que marota a Mathilde! :))
    Amiga, que bom que o Velocidade Colher tb dá sabor aos dias aí em casa.
    Sabes que isso me deixa feliz e sorridente, né? :))
    Bj grande.

    ResponderEliminar
  10. Ena que maravilha :-) o meu por enquanto papa tudo, não preciso de esconder nada, mas eu é que gostei dessa ideia para aproveitar restos de frango assado, é que cá em casa sobram sempre os peitos, e normalmente congelo para fazer quiches, mas esta ideia adorei :-)

    ResponderEliminar
  11. Margarida, acreditas que vi a tua receita à arde e a fiz para hoje ao jantar? Sou mesmo invejosa :P.Tinha umas sobras de carne e andava a magicar o que fazer com elas. Vim ao teu blog e... na mouche!
    Ficou mesmo saboroso e os miúdos comeram e repetiram. É bom sinal...
    Beijinhos e obrigada pela partilha
    Maria

    ResponderEliminar
  12. Verdadeiros desafios lancados pelas criancas com tenra idade e que de um dia para o outro nao querem isto nem aquilo, por razoes estranhas e as maes la tem de arquestrar artimanhas para mascarar este ou aquele sabor ou ingrediente. A minha mae passou muito comigo nessa parte. So espero que a aversao a cores em breve passe. Mas esta carne espiritual ficou com um aspecto muito tentador e a mim nao me passava ao lado.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Como eu te compreendo, ainda hoje a Bia tira os verdes para o lado, mas disfarçado marcha tudo. Esse prato é uma optima opção para esses casos e deve ficar bem apetitoso
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  14. Excelente aspecto, óptima ideia! Vou experimentar. Um dos meus filhotes não é fã de bacalhau e parece ser uma boa alternativa. descobri agora o seu blog e gostei muito. Parabéns!


    http://margaridaserranoblogspot.com

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!
Thank you for your comment!