09 agosto 2011

Tarte rústica de curgete, ricotta e pinhões

O tempo continua aguerrido e tórrido. O Algarve está no pico de ocupação e eu mantenho-me em casa. Há filas de trânsito intermináveis, há praias entupidas, há restaurantes, bares e cafés com lotação esgotada. E eu mantenho-me em casa. Abasteço a despensa nas horas em que meio mundo está na praia e volto para casa. Ontem o termómetro do carro marcava 34º. Hoje sinto o ar ainda mais quente e para os próximos dias já há avisos de subida de temperatura. É assim o mês de Agosto no Algarve. Por isso fico em casa e vou-me deliciando com estes pequenos prazeres.

Photobucket

Tarte rústica de curgete, ricotta e pinhões

Ingredientes: 2 colheres de sopa de azeite, 4 curgetes finamente fatiadas, 500g de queijo ricotta, 4 ovos, 1 mão cheia de folhas de manjericão picadas, 50g de queijo parmesão ralado, 1 dente de alho esmagado (usei alho em pó), 1 base de massa folhada refrigerada, 1 mão cheia de pinhões, sal, pimenta preta e noz-moscada, sementes de sésamo pretas (opcional)

(T): Pré-aqueça o forno a 180º. Aqueça 1 colher de sopa de azeite numa frigideira e aloure as curgetes durante cerca de 5 minutos. Reserve. Num recipiente misture a ricotta com os ovos, o manjericão, metade do parmesão e o alho. Tempere com sal e pimenta. Reserve.
Abra a massa folhada e coloque-a no tabuleiro do forno. Espalhe a mistura de ricotta sobre a massa, deixando um rebordo com cerca de 4cm. Disponha as fatias de curgete sobre esta mistura pressionando ligeiramente. Polvilhe com o restante queijo parmesão, com os pinhões e com as sementes de sésamo pretas. Dobre o rebordo da massa para dentro, sobre o recheio, e pressione ligeiramente. Leve ao forno por 30 minutos aproximadamente. Sirva a tarte morna acompanhada por uma salada.

Photobucket

Notas:
- Receita do
BBC Good Food;
- Pode substituir o queijo ricotta por requeijão.

35 comentários:

  1. vou fazer com toda a certeza!
    como fazes para as rodelas de courgette nao se desfazerem?

    ResponderEliminar
  2. Eu tb me mantinha bem em tua casa, para partilharmos esta tarte! :))
    Bj grande.

    ResponderEliminar
  3. Uma linda e deliciosa tarte! Gostei de tudo :) Obrigada pela partilha.
    Na zona centro do país, hoje já está mais calor e já se sente o Verão!:)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. coffeeanddesert, laminei as curgetes com a mandolina e alourei-as em azeite sem lhes mexer muito. Voltei-as com uma espátula de madeira para alourar de ambos os lados e não tive dificuldade. Faz que é muito boa mesmo. :)

    ResponderEliminar
  5. Que tarte tentadora! Adoro courgette. E só recentemente descobri o seu potencial para bolos :) Aqui na Figueira o calor começou hoje a querer voltar e também há filas no trânsito e nos mercados. É Agosto.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Margarida, a tua tarte está maravilhosa! Gostei imenso do toque dos pinhões.

    ResponderEliminar
  7. PERFEITO.. que imagem deliciosa!

    ResponderEliminar
  8. que maravilha minha doce amiga entretanto estou para o Algarve que pena ir um pouco longe de ti...bjokinhas amiga

    ResponderEliminar
  9. Adoro courgetes!
    Vou experimentar de certeza,depois da festa do 1º aniv. da minha princesa mais nova vai saber bem uma tarte assim mais ligeira;)

    http://obolinhodesabado.blogspot.com/2011/08/festa-de-aniversario.html

    ResponderEliminar
  10. Ficou mesmo apetitosa! E até tenho ricotta e courgettes no frigorífico...
    Quanto à confusão do mês de Agosto, deve ser mesmo pouco "friendly" assistir à invasão algarvia. E eu que detesto confusão...
    beijo
    Babette

    ResponderEliminar
  11. Linda, fiz também uma que hei-de postar brevemente (acho), a receita é diferente - a tua é mais requintada
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. quando vivia no algarve, eu hibernava em agosto! ;) parece deliciosa, esta tarte!
    beijinhos
    sofia

    ResponderEliminar
  13. Está linda a tua tarte. E, com certeza, uma delícia. Nos Açores também está bastante calor. Só me apetece sombra. Um beijinho

    ResponderEliminar
  14. Ao contrário do Algarve Lisboa está quase deserta!!
    Mas quem ia sair de casa com uma tarte dessas!!

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Olá!Vivo em Faro e gostaria de saber onde adquiriu as sementes de sésamo pretas, pois mais do que uma vez tentei encontrá-las nos supermercados e não consegui. Já agora, se souber onde existem nozes pecã ficaria grata. Bjs e continuação de bons cozinhados!

    ResponderEliminar
  16. Olá Soraia.
    Adquiri as sementes de sésamo pretas à Algarve Spices, na feira da Serra em Tavira. Eles costumam estar presentes em várias feiras locais mas pode comprar on-line. Veja aqui http://www.algarvespice.com/Especiarias/Sesamo-preto::56.html
    Quanto às nozes pecãs costumo comprar no Lidl quando têm promoções de artigos americanos. Sei que o Aldi também teve. É uma questão de lá ir quando existirem estas promoções.
    Creio que também já as vi à venda no supermercado Apolónia em Almancil.
    Espero ter ajudado!
    bj

    ResponderEliminar
  17. O Verão também chegou a Lisboa em grande força, a diferença é que não há transito, os transportes não andam apinhados, os supermercados não têm filas e há eventos culturais um pouco por todo o lado e à borla.
    Gosto muito de Agosto em Lisboa e também gosto destas tartes rústicas de aspecto apetitoso.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  18. O calor tambem tem apertado pelos Açores, e esta tarte numa sombrinha calhava mesmo bem :)

    ResponderEliminar
  19. fiz esta tarte para o jantar de hoje (com algumas adaptacoes - nao tinha ricotta, usei natas e creme fraiche, tb n tinha pinhoes). maravilhosa! obrigada pela partilha, margarida!
    bjs
    sofia

    ResponderEliminar
  20. Parece que o Verão chegou a todo o lado....mas no meu caso é um grande felicidade porque me traz mansidão! Esta tarte está-me a piscar o olho, acreditas? Um beijinho

    ResponderEliminar
  21. Amiga adorei... Amanhã é o meu almoço. Acho que liga muito bem entre uma ida a piscina e outra uma fatia desta tarte...
    Beijocas grandes e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  22. Olá. Gostei imenso da simplicidade emanada por esta tarte. A eleger a courgette e a fazer a apologia do saudável.
    Um beijinho deste cantinho de portugal onde também está muito calor e onde não resisto, ao contrário de si, a sair de casa e à água salgada.
    Nas ilhas, apesar de tudo ser perto, as multidões não existem. Este é sem dúvida um dos poucos aspetos positivos de se ser insular e ultraperiférico.
    patrícia

    ResponderEliminar
  23. aqui nao tem estado nada quente que raio de verao. mas com essa confusao tamebm nao punha o pe de fora.
    esta uma delicia a tua tarte
    beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Que tarte maravilhosa Margarida, uma tentação...

    beijinhos!!

    ResponderEliminar
  25. Em casa é que se está bem, anda por aí tanto turista que até enerva :) Mais vale ficar em casa e saborear boa comida como esta :) E eu nem gosto nada de courgettes he he

    ResponderEliminar
  26. Margarida
    Que linda ficou!São tão praticas e vistosas. Gostei dos ingredientes. Costumo fazer uma massa que aprendi aqui com essas sementes.
    Beijinhos a todos! foi bom ver as vossas carrinhas:))

    ResponderEliminar
  27. De calor em excesso não gosto nada, mas dessa tarte gosto e muito. De courgette ou de tomate...hum que delicia
    Um beijinho grande a todos

    ResponderEliminar
  28. O aspecto está delicioso.

    Bjs

    ResponderEliminar
  29. hum deve ter ficado bom msm em depois da uma passadinha la no meu blog!
    http://prepararprovarpostar.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  30. Uma tarte mesmo ao meu gosto! Ficou linda, Margarida! Por aí, muito calor, aqui pelo norte o Verão chegou em doses mínimas e parece que já acabou...
    Bjs
    Teresa

    ResponderEliminar
  31. Nunca fiz tarte de courgette. Mas fiquei com esta debaixo de olho. A foto está excelente. bjs carla sousa

    ResponderEliminar
  32. Que tarte tao encantadora. Ficou linda!

    ResponderEliminar
  33. Hum!! Que bom aspecto, parece estar deliciosa! Obrigada por partilhar a receita!!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!
Thank you for your comment!