16 julho 2012

Tarte frangipane de abrunhos em dia de aniversário

Não sou muito boa com números mas quando se trata de datas o caso muda de figura. Registo e guardo todas as datas especiais, aquelas que faço questão de celebrar pelas experiências boas que me somaram à vida.

O dia de hoje é um desses dias especiais. Completam-se hoje 4 anos desde o primeiro post deste blogue. Por isso, e por tudo o que de bom o figo lampo me tem trazido, celebro este dia. Faço-o convosco, na certeza de que desse lado sentirão também o quão de bom tem esta partilha, em cada post, em cada estória, em cada receita.
Obrigada!
Photobucket

Tarte frangipane de abrunhos
Ingredientes:
1 base de massa quebrada refrigerada
120g de amêndoa com pele + 120g de amêndoa sem pele, 120g de açúcar mascavado claro, 125g de manteiga sem sal (à temperatura ambiente), 2 ovos pequenos, 2 colheres de sopa mal cheias de farinha, 1 colher de café de extrato de baunilha, 1 colher de chá de canela em pó
15-20 abrunhos (descaroçados e cortados em quatro), 1 colher de sopa de doce de pêssego

(b): Forre uma tarteira com a massa quebrada, pique o fundo com um garfo sem o furar, cubra-o com feijões e leve ao forno por 10-15minutos a 200º. Retire do forno e reduza a temperatura para os 180º.
Prepare o frangipane. Triture finamente as amêndoas com o açúcar mascavado 15seg na vel 7-9. Junte os ovos, a manteiga, o extrato de baunilha e a canela e envolva bem 20 seg na vel 5. Junte a farinha e misture 10 seg na vel 4.
Deite o creme frangipane sobre a massa da tarte e espalhe-o uniformemente. Disponha os abrunhos ao longo de toda a tarte e leve ao forno durante cerca de 30 minutos ou até que o creme esteja firme. Retire do forno, deixe arrefecer e pincele o topo da tarte com o doce de pêssego.
Photobucket

06 julho 2012

Panna Cotta de baunilha, menta e manga

Nasci sob o signo de caranguejo e é o verão que me inspira. As ideias fervilham com as cores e sabores desta estação e a cada experiência conquistam-se surpreendentes resultados.
Torno-me redundante mas insisto em afirmar que o meu sabor preferido é o Verão!

Photobucket

Panna Cotta de baunilha, menta e manga

Ingredientes (para 4 pessoas): 150ml de natas frescas, 150ml de leite, 15g de mel, 1 vagem de baunilha, 2 folhas de hortelã, 2 folhas de gelatina

Para o coulis: 1 manga madura, 1 lima, 1 colher de sopa de açúcar em pó

Guarnição: bolachas ou biscoitos de limão
 
 
(t): Prepare o coulis. Descasque a manga, retire-lhe toda a polpa e reduza-a a puré na Bimby ou num liquidificador. Junte o sumo da lima e o açúcar e misture muito bem. Divida o coulis por tachinhas individuais (2 colheres de sopa por tacinha +/-). Reserve.

Prepare a panna cotta. Demolhe as folhas de gelatina num pouco de água fria. Coloque o leite, as natas o mel, a hortelã e as sementes da vagem de baunilha numa caçarola e leve ao lume até levantar fervura. Apague o fogo e deixe ficar em infusão durante cerca de 30 minutos. Leve novamente ao lume e junte as folhas de gelatina já desfeitas. Mexa bem, retire do lume e coe o preparado para dentro das tacinhas com algum cuidado para não se misturar com o coulis. Leve ao frigorífico durante 3 horas. Triture ligeiramente as bolachas e deite sobre a panna cotta no momento de servir.
 
Photobucket

Notas:
- Receita ligeiramente adaptada do livro La crème des panna cotta.