20 Junho 2012

Doce de pêssego com cravinho e baunilha


Gosto de fruta e gosto particularmente da fruta desta época. Rendo-me ao perfume dos morangos, à doçura das cerejas, ao encarnado das ameixas, à maciez dos pêssegos, à textura do figo… Como-os com sofreguidão antevendo o fim de época. E na tentativa de os perpetuar e permitir-me saboreá-los durante o resto do ano, conservo-os. Em doces, compotas ou simplesmente em calda. Não é decerto a mesma coisa mas um doce de fruta biológica, da época, feito em casa é precioso.
E assim abasteço a despensa de doces para o resto do ano. Os mesmos que me acompanham no resto do ano, em finais de tarde com família e amigos. À mesa.
O meu agradecimento à More Than Cookies pelo convite para participar no projeto “Blogs convidados” e pela cortesia do envio deste conjunto para compotas que vieram combinar na perfeição com os coloridos e aromáticos fracos de doce que vão começar a sair desta cozinha. Como este, de pêssego com cravinho e baunilha. Curioso com esta combinação improvável? Experimente e surpreenda-se!
Quando as combinações improváveis resultam em finais felizes!
Boa semana!
Photobucket

Doce de pêssego com cravinho e baunilha
Ingredientes: 750g de pêssegos biológicos bem lavados e descaroçados, polpa de metade de um limão (sem caroços nem película branca), 350g de açúcar, 3 cravinhos, sementes de uma vagem de baunilha
(b): Coloque os pêssegos, o limão e o açúcar no copo seco. Triture 5 seg, na vel 4. Junte os cravinhos e as sementes da baunilha e programe 20min, 100º, vel 2. Retire o copinho e coloque sobre a tampa da máquina o cesto voltado ao contrário. Programe 20 min, temp varoma, vel 1.
Verifique a consistência do doce no final do tempo. Se estiver muito líquido programe mais uns minutos na mesma temperatura e velocidade.
Deite o doce em frascos previamente esterilizados e secos.
Photobucket

04 Junho 2012

Muffins de banana, canela e mirtilos

Sabem quando andamos numa correria feitas formigas nos meses quentes? Quando o cansaço é tanto que damos por nós a colocar o detergente da loiça no frigorífico ou algo do género? Quando dormimos acordadas com a mente a percorrer cada ponto da agenda dos dias seguintes? É assim que ando, num corre-corre extenuante mas que me faz andar de sorriso aberto, de coração cheio.
É assim que ando, cansada mas feliz!
Uma excelente semana! 

Photobucket

Muffins de banana, canela e mirtilos
Ingredientes: 250g farinha com fermento, 1 colher chá de canela + 1 para cobertura, 2 bananas da Madeira maduras esmagadas, 120g de mirtilos, 3 colheres de sopa de mel, 3 colheres de sopa de óleo vegetal, 1 ovo grande, 185ml de leite, 50g de açúcar, 1 pitada de sal
(t): Pré-aqueça o forno a 180º. Prepare 12 formas de muffins/queques.
Peneire a farinha, a canela e o sal para um recipiente.
Bata o ovo com o óleo e o mel. Junte o leite. Envolva a banana esmagada na massa. Incorpore a farinha com uma espátula. Por fim envolva os mirtilos.
Distribua a massa pelas formas (encha as formas até ¾ da sua capacidade).

Misture o açúcar com a restante canela e polvilhe o topo da massa.
Coza no forno durante cerca de 20 minutos.

(b) Pré-aqueça o forno a 180º. Prepare 12 formas de muffins/queques.
Peneire a farinha, a canela e o sal. Reserve.
Bata o ovo com o óleo e o mel 1 min na vel 3. Junte o leite pelo bocal e misture 5 seg na vel 4. Envolva a banana esmagada 5 seg na vel 4. Junte a farinha e misture 4 seg na vel 3. Junte os mirtilos e envolva com a espátula.


Distribua a massa pelas formas (encha as formas até ¾ da sua capacidade).
Misture o açúcar com a restante canela e polvilhe o topo da massa. Coza no forno durante cerca de 20 minutos.
Photobucket

Notas:
- Receita ligeiramente adaptada do BBC Food;
-
 Pode omitir os mirtilos ou substitui-los por outro fruto da época.