27 fevereiro 2008

Sopa de agrião à antiga

A minha mãe ensinou-me assim e diz que já vem do tempo dos avós esta sopinha de agrião.

Ingredientes da receita original: 3 batatas médias 1 cebola grande ou 2 médias 2 dentes de alho Agrião 1 ovo cozido sal e azeite q.b. água q.b. juntei mais duas folhinhas de alface, 1/2 courgette e meio alho francês porque estavam mesmo ali à mão..

(B): Deitar no copo todos os legumes e juntar água até ficar 1 dedo abaixo dos legumes. Cozinhar durante 25min, 100º, vel. 2. Entretanto retirar as folhinhas dos pés de agrião e lavá-las bem. Reservar. Após a cozedura juntar o sal e o azeite pelo bucal e programar 1min, vel 5, 7 para obter o creme. Junta-se depois as folhinhas do agrião e deixa-se cozer durante 3min, 90º, vel 2 inversa. Por fim junta-se o ovo picadinho.

(T): Deitar todos os legumes na panela de pressão, juntar água, o sal e um fio de azeite e cozer até levantar pressão. Entretanto retirar as folhinhas dos pés de agrião e lavá-las bem. Finda a cozedura passar a sopa com a varinha mágica. Juntar as folhinhas reservadas e deixe cozer por mais alguns minutos. No final juntar o ovo picadinho.

25 fevereiro 2008

Tagliatelle com salmão fumado

O marido também gosta de cozinhar embora desde que estamos juntos, raras têm sido as vezes em que se dedica à arte. Diz que a mulher cozinha muito bem! Cá pra mim é mesmo.. preguicite! Hoje lembrou-se de fazer o seu prato de pasta favorito, o mesmo que fez na 1.ª vez que cozinhou para mim, e eu consegui convencê-lo a adaptá-la à Bimby.Deixo-vos a receita e o passo-a-passo feito por ele.

Ingredientes: 1 embalagem de salmão fumado 1 embalagem de tomate cereja maduro 1 embalagem de tagliatelle fresca 1 pacote de natas 2 colheres de alho em pó azeite, sal, pimenta q.b. queijo parmesão ralado



Escaldar os tomates e retirar a pele.





(B): Cobrir o fundo do copo com azeite e juntar os tomates já pelados e inteiros. Dar 3 golpes de turbo, juntar o alho em pó, o sal, a pimenta e refogar durante 5min, 100º, vel 1. Juntar o salmão, previamente cortado em pedacinhos, e cozinhar 3min, 90º, vel colher inversa. Juntar as natas pelo bucal e envolver 2min, 90º, vel colher inversa.




(T): Cobrir o fundo de uma frigideira com azeite e juntar os tomates já pelados e cortados em quartos. Juntar o alho em pó, o sal, a pimenta e refogar em lume brando durante 5 minutos, mexendo sempre com uma colher de pau, ao mesmo tempo que vai desfazendo os tomates. Juntar depois o salmão em pedacinhos e cozinhar mais alguns minutos. Incorporar as natas e deixar apurar durante 3 ou 4 minutos.


Coza entretanto o tagliatelle em água a ferver e óleo até que fique “al dente”, escorra e reserve. Retirar para uma travessa, deite por cima o preparado de salmão e polvilhe com o parmesão ralado na hora.



Nota: Quem gostar pode juntar umas gotinhas de piri-piri!

22 fevereiro 2008

Merendas (ou lanches) mistas

Guardo na minha memória as noites de verão com cheirinho a pão quente. O dia era igual a todos os outros.. Praia, banho de água doce, jantar e sair com os amigos. Ao fim da noite, o caminho era o mesmo, o da padaria perto de casa. Perto da meia-noite saía o pão, bolos e afins.. O cheiro na rua era inigualável. À saida, ainda quente, trazia no saco uma merenda mista.
Ontem atrevi-me a fazê-las na Bimby. Ficaram muito parecidas às da padaria.. faltou-me o "segredo" do pasteleiro! ; )



Ingredientes
:



Massa: 300gr de farinha 80gr de água 30gr de leite 40gr de azeite 1 pitada de sal 1 saqueta de Fermipan 1 ovo batido para pincelar



Recheio: Molho de tomate (eu uso o Original q.b. da Guloso) Orégãos secos Fiambre Queijo Chourição



(B): Colocar os líquidos e o sal na Bimby e programar 2 min, 70º, vel 2. Juntar o Fermipan e a farinha e misturar por 20 seg, vel 5. Amassar 2 min, espiga. Retirar do copo e deixar levedar 1 hora. Tender a massa em pequenas formas rectangulares, pincelar com molho de tomate, polvilhar com os óregãos e dispor por cima o chourição, o queijo e o fiambre (duas fatias de cada por merenda).



Como não estava com muito tempo, optei por fazer um rolo com o resto da massa ao qual apliquei o mesmo procedimento mas sem o queijo. Estendi a massa na forma de um rectangulo grande, coloquei o "recheio" e enrolei. Depois é pincelar com o ovo batido e levar ao forno pré-aquecido a 180º até ficarem com um aspecto dourado.


Nota: Nas merendas deve-se calcar bem os rebordos para o queijo não sair (coisa que não aconteceu nestas).

18 fevereiro 2008

Pizza do mar

Fazer a receita base da massa de pizza.


Recheio: molho de tomate (uso o q.b. da guloso) azeite óregãos secos cebola fiambre atum delicias do mar cogumelos frescos azeitonas pretas fatiadas queijo mozzarela ralado


Colocar por ordem os ingredientes que formam a base de todos os recheios: molho de tomate, oregãos e cebola. Juntar os restantes ingredientes terminando com as azeitonas e o queijo. Regar com um fio de azeite e levar a forno pré-aquecido até ficar dourada.

Base para Pizza

Se há coisa que cá em casa se aprecia bastante é pizza. E desde que a ajudante de cozinha está cá em casa que se acabaram as bases de compra. A massa fica excelente! Aqui fica a receita que vem no livro base da Bimby (apenas alterei o tipo de fermento):

Ingredientes (para duas pizzas grandes):
1 colher de chá de sal 50 gr de azeite 200 gr de água 400 gr de farinha 20gr de fermento de padeiro (fresco)

(B): Colocar no copo os líquidos e o sal e programar 1 min, temp 37º, vel 2. Juntar o fermento e a farinha e programar 2 min. Vel Espiga. Deixar levedar durante cerca de meia hora até a massa dobrar de volume.
Esticar a massa com a ajuda de um rolo sob uma bancada polvilhada com farinha.

15 fevereiro 2008

Camarão à Baiana


Ainda que só tenhamos namorado um ano, comemoramos habitualmente o dia dos namorados. Pode ser mais um dia como muita gente diz mas eu sou da opinião que se ele existe é para ser comemorado.. ou não se comemorariam todos os outros dias assinalados!
Ora com a novidade Bimby cá em casa, decidi fazer algo diferente para o jantar e comemorarmos a 3.. nós os dois e a princesinha!
Lembrei-me de uma receita que já não fazia há imenso tempo e que trouxe de uma daquelas "feiras" temáticas que os hipermercados fazem. Do Brasil para a mesa, aqui fica a receita:

Ingredientes: 650gr de camarão selvagem 40/60 2 tomates médios bem maduros 1 cebola 1 dente de alho 3 colheres sopa de azeite 1 chávena chá de leite de coco 2 chávenas chá água a ferver 1 colher sobremesa de farinha 1/2 molho de coentros e 1/2 molho de salsa sal e pimenta preta q.b.

(B): Pique a cebola e o tomate, 20seg, vel 5 (subindo de 3, 4 e 5). Adicione o azeite e deixe refogar 7min, 37º, vel. 3. Entretanto esmague as cabeças dos camarões (retirando os olhos). Tempere com a salsa e os coentros, o sal e a pimenta. Adicione 2 chávenas de águas a ferver e coloque por cima o cesto com as cabeças dos camarões esmagadas. Deixe cozinhar durante 10min, 100º, vel 1. Entretanto desfaça a farinha no leite de coco. Retire o cesto, adione o leite de coco e junte os camarões. Deixe cozinhar 8 min, temp varoma, vel colher inversa. Retire o copinho 3 minutos antes para engrossar o molho.

14 fevereiro 2008

Ervilhas (ou griséus) com ovos

Este prato é dos que mais vezes se come cá em casa. As ervilhas, os ovos e os coentros vêm direitinhos da horta da sogra! Eu faço sempre assim (agora na versão Bimby), para duas pessoas:

Igredientes (+/- a olho): 500gr de ervilhas 150gr de água rodelas de chouriço (umas 6/7) tirinhas de bacon (uma colher de sopa cheia) toucinho a gosto 2 ovos coentros frescos picados azeite e sal q.b. 1 pitada de açúcar


Bimby (B):
Colocar no copo o azeite, o chouriço, os pedacitos de bacon e um pouco de toucinho (caseiro se possível) e cozinhar 3min, temp varoma, vel colher inversa. Juntar a água, as ervilhas, os coentros frescos picados, sal a gosto e uma pitada de açúcar (é segredo..) e cozinhar 13min, 100º, colher inversa. Entretanto bater ligeiramente os ovos (com um garfo) e juntar no final do tempo. Deixar mais 3min, 100º, colher inversa.

Tradicional (T): Colocar na panela de pressão o azeite, o chouriço, os pedacitos de bacon e um pouco de toucinho (caseiro se possível) e deixar alourar durante 2/3 minutos. Juntar a água, as ervilhas, os coentros frescos picados, sal a gosto e uma pitada de açúcar (é segredo..) e cozinhar até levantar pressão. Entretanto bater ligeiramente os ovos (com um garfo), juntar às ervilhas e deixar cozinhar com a panela fechada até levantar pressão novamente.
Nota: Caso goste pode, para além dos ovos mexidos, juntar 1 ovo inteiro por cada pessoa em cima das ervilhas sem misturar.

12 fevereiro 2008

Frango estufado com cenoura

Hoje lá me atrevi a adaptar uma receita à Bimby.. Confesso que tive alguma dificuldade (tenho a Bimby há uma semana..) mas acho que correu bem.


Ingredientes (para 2 pax): 4 coxas de frango 2 colheres de sopa cheias de bacon em tirinhas 1 cebola média 1 cenora grande 25gr de margarina ou azeite 150ml de leite 200 ml de água 1 colher de café de caril em pó 1 colher de chá de tomilho seco sal e pimenta q.b.


Bimby (B): Descascar a cebola e a cenoura e triturar 1 min, vel 5 até obter uma mistura fina. Juntar a gordura e o bacon e cozinhar 7 min, 100º, vel 1. Juntar a água, o leite, o tomilho e o caril e temperar com sal e pimenta a gosto, cozinhar 5 min, 90º, vel 1. Adicionar as coxas de frango e cozinhar 25 min, temp varoma, vel colher inversa (se necessário deixar mais tempo para o frango ficar macio). A uns minutos do final retirar o copinho para apurar o molho (obrigada Elsa pela dica).

10 fevereiro 2008

Creme de bróculos com natas

Esta sopa "roubei-a" da cozinha da minha tia. Ela também é um pouco inventiva no que diz respeito à cozinha, tal como eu, mas quando encontra uma receita que gosta volta a fazê-la sempre. É o caso deste creme que eu copiei e que hoje resolvi adaptar à Bimby.

Ingredientes: 200gr bróculos 1 cebola 4 batatas médias 1/2 courgette (das grandes) azeite, sal e pimenta q.b. 1 pacote de natas

Bimby (B):
Colocar todos os ingredientes na Bimby à excepção das natas e cozinhar durante 20min, 100º, vel 1. Temperar a gosto com o sal e a pimenta. Programar 1min, vel 9 para obter o creme. Envolver as natas pelo orifício da tampa 1 min, vel 3.

Tradicional (T): Colocar todos os ingredientes na panela de pressão e cobri-los com água. Temperar com sal, pimenta e cozinhar até começar a sair a pressão. Passar a sopa com a varinha mágica até ficar em creme, juntar as natas e deixar apurar durante 2 minutos, em lume brando.

Nota: Pode servir com uns pingos de natas ou com croutons de pão.

08 fevereiro 2008

Risotto de Bacalhau e Coentros

Semprei adorei cozinhar e "cozinventar". Cá em casa antes de ter a Bimby adaptava as receitas à minha imaginação. Ontem decidi adaptar a Bimby à minha imaginação e resolvi juntar a cultura italiana com a portuguesa. O resultado? Um risotto de bacalhau com coentros!

Ingredientes (cerca de 6 pessoas):
300g de bacalhau em lascas 400g de arroz para risotto 1 cebola pequena 3 dentes de alho 200g de vinho branco 800g de água da cozedura do bacalhau (quente) meio molhinho de coentros frescos Azeite, sal e pimenta q.b.

Bimby (B): Triturar os alhos, os coentros e a cebola 8 seg, vel 5. Juntar o azeite e deixar refogar 8 min, 100º, vel 1. Juntar o vinho e deixar apurar 2 min, 100º, vel 1 sem o copinho para evaporar o álcool do vinho. Colocar a borboleta e juntar o bacalhau 5 min, 100º, vel colher inversa. Temperar com sal e pimenta. Juntar o arroz e programar 20 min, 100º, vel colher inversa. Acrescentar a água da cozedura do bacalhau, ainda quente, aos poucos pelo orificio. Fechar e deixar cozinhar. No final provar para ver se está cozido (se não estiver colocar mais 2 ou 3 min).

06 fevereiro 2008

Mudanças boas!

Estes dois últimos anos têm sido de mudanças! E muito boas por sinal! Mudei de casa, casei, engravidei e nasceu a princesa mais linda do nosso mundo. No dia 1 de Fevereiro chegou cá a casa um daqueles robots de cozinha que sempre pensei nunca comprar. Mas o marido apercebeu-se do entusiasmo e ofereceu-me uma Bimby como prenda adiantada do dia dos namorados. A verdade é que quase o corri de casa por ter gasto tanto dinheiro mas confesso que hoje não a dispenso para nada! Ganhou o estatuto de ajudante de cozinha e até um blog que hoje inicio e que publicarei dentro de algum tempo, quando estiver mais composto.

Até lá!